O que é diabetes gestacional e por que ela ocorre?

Todo mundo sabe que existem dois tipos de Diabetes: o tipo 1 e 2. O que muita gente desconhece é que há um terceiro tipo de diabetes, conhecida como Diabetes Gestacional.

Esta condição é caracterizada pela hiperglicemia (elevação dos níveis de glicose no sangue), que é reconhecida pela primeira vez durante a gestação da mulher. O Diabetes Gestacional ocorre em cerca de 4% das gestações.

Geralmente, o Diabetes Gestacional se cura logo depois do parto. Todavia, as mulheres que desenvolvem a condição, possuem grande risco de sofrer o Diabetes tipo 2. Por isso, por mais que o Diabetes Gestacional seja temporário, é fundamental manter os cuidados, especialmente após ter o bebê.

Como o diabetes gestacional ocorre?

Ainda não se sabe ao certo como a doença ocorre. O que se sabe é que os outros dois tipos do diabetes ocorrem quando o pâncreas não consegue mais produzir quantidade suficiente do hormônio insulina para atender as necessidades do organismo. A diferença do tipo 1 para o tipo 2 é que o 1 se desenvolve entre a infância e a adolescência e as causas podem ser genéticas. Já o tipo 2 se dá basicamente ao estilo de vida do adulto – como sedentarismo e obesidade.

Quando há a falta da insulina ou quando o mesmo não sabe agir de forma adequada, ocorre um aumento do nível de glicose no sangue, ocasionando o diabetes. Durante o período da gravidez, a placenta que liga o bebê ao seu suprimento de sangue, gera altos níveis de uma série de hormônios.

A maioria destes hormônios afeta a ação da insulina das células, elevando o nível de açúcar no sangue.

Na medida em que o bebê vai crescendo dentro da mãe, a placenta produz mais hormônios que agem no bloqueio da insulina. No diabetes gestacional, os hormônios da placenta causam uma elevação do açúcar no sangue em um nível que pode inclusive comprometer o bem-estar da criança.

O diabetes gestacional geralmente ocorre durante a segunda metade da gestação.

Quais são os sintomas do Diabetes gestacional?

Assim como o diabetes do tipo 2, o diabetes gestacional dificilmente causa sintomas. Sendo assim, é essencial que as futuras mamães realizem exames periódicos durante toda a gestação, especialmente entre as 24ª e 28ª semana. Uma vez que for diagnosticada a elevação do açúcar no sangue, a mãe deve tomar cuidados, para evitar problemas para ela e o bebê.

Alguns dos sintomas do diabetes gestacional são muito similares aos sintomas tradicionais da gravidez, ou seja, isso significa que só porque a mulher detectou sintomas como: Vontade frequente de urinar, sede excessiva, infecções na bexiga, ganho de peso e aumento de apetite; não quer dizer que ela esteja sofrendo da doença.

Na dúvida converse com seu médico e explique os sintomas, para que possam ser realizados os exames pré-natais.

Uma resposta para “O que é diabetes gestacional e por que ela ocorre?”

  1. Obrigada Deus abençoe vcs. Eu não consegue comprar com vcs então liguei para farmácia de manipulação e perguntei se tinha os componentes sendo assim foi manipulado só q invés 640mg foi feito com 500mg e comecei já fás um 2 meses e não tenho mais nenhum sintomas e me sinto muito melhor ainda não realizei nenhum exames pois eu estava muito cansado de tantos exames então vou realizar novos ex só em Janeiro ai volto a falar com vcs meus agradecimentos à equipe do Control Pró

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *